Toalha bordada

Пісня про рушник, música também conhecida como Minha Mãe Querida [Рідна мати моя], sucesso na Ucrânia e fora do país

 

 

Слова: Андрій Малишко

Музика: Платон Майборода

Tradução: Ludmila Szymanskyj

 

Essa canção foi composta para o filme soviético “The Young Years”, de 1959. A comédia realizada pelos estúdios Dovzenko, toda falada em russo, se passa basicamente na capital ucraniana Kyiv e conta com vários trechos de canções e danças ucranianas, sendo que esta canção é praticamente o fio condutor da história de dois jovens que vão para a cidade grande tentar o futuro como artistas. A canção fala sobre o amor de uma mãe pelo filho através da toalha bordada (rushnyk) que ela dá a ele para acompanhá-lo na sua jornada. A canção “Toalha Bordada” se tornou um grande sucesso na Ucrânia nos anos 60 quando passou a ser identificada pelo seu nome alternativo “Minha Mãe Querida”, a primeira estrofe da canção.

 

 

Toalha Bordada

(Minha mãe querida)

Пісня про рушник

(Рідна мати моя)

Minha mãe querida, você não dormiu à noite Рідна мати моя, ти ночей не доспала
E me levou até os limites da aldeia, І водила мене у поля край села,
E me acompanhou de madrugada pela longa estrada, І в дорогу далеку ти мене на зорі проводжала,
E me deu uma toalha bordada para uma feliz jornada, І рушник вишиваний на щастя дала,
E me acompanhou de madrugada pela longa estrada, І в дорогу далеку ти мене на зорі проводжала,
E me ofereceu a toalha bordada para uma feliz jornada. І рушник вишиваний на щастя, на долю дала.
Nesta toalha bordada florescerão, Хай на ньому цвіте росяниста доріжка,
Os verdes prados, e o rouxinol cantará, І зелені луги, й солов’їні гаї,
E o seu fiel amor e meigo sorriso, І твоя незрадлива материнська ласкава усмішка,
E o olhar triste e bondoso. І засмучені очі хороші твої.
E o seu fiel amor e meigo sorriso, І твоя незрадлива материнська ласкава усмішка,
Seu olhar triste e bondoso. І засмучені очі хороші блакитні твої.
Estenderei a toalha bordada, e tudo reviverá, Я візьму той рушник, простелю, наче долю,
O canto nos bosques, o farfalhar da mata. В тихім шелесті трав, в щебетанні дібров.
E com essa toalha bordada recordarei a minha vida – І на тім рушничкові оживе все знайоме до болю –
A infância, o amor verdadeiro e a partida. І дитинство, й розлука, і вірна любов.
E com essa toalha bordada recordarei a minha vida – І на тім рушничкові оживе все знайоме до болю –
A infância, a partida e a afeição maternal abençoada. І дитинство, й розлука, й твоя материнська любов.

 

Fonte: http://www.pisni.org.ua/songs/2292.html

Veja e ouça:

 

Aqui a canção é cantada por Kvitka Cisyk (http://kvitkacisyk.com/), cantora norte-americana filha de ucranianos, dona de uma voz e de uma interpretação notáveis. Vale a pena.

 

Outra interpretação, esta do Grupo Kobza, apresentando uma versão em preto-e-branco, de uma forma especial. Também vale a pena ver.

 

 

Saiba mais:

Se você quiser, assista ao filme completo em https://www.youtube.com/watch?v=ApRsXOuz07g.

 

Vale destacar:

– o começo;

– o trecho que inicia em 13:50;

– o trecho em 1:00:00;

– e a música completa no trecho final, em 1:11:00.

 

Se você preferir, veja a versão apenas da canção do filme:

 

 

Encante-se com as imagens da cidade de Kyiv em 1959 no link que faz um apanhado das cenas do filme em que se destacam as imagens da cidade:

 

 

Toque e cante:

http://nashe.com.ua/song/2708/notes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *