Mamãe

Мама – as mães, na Ucrânia, são homenageadas no segundo domingo do mês de maio, em comemorações repletas de poesias

Autora: Mariyka Pidhiryanka

Tradução: Ludmila Szymanskyj

 

Uma das festividades mais queridas em toda a Ucrânia, a comemoração do Dia das Mães passou a ser feita, a partir da independência, em 1991, no segundo domingo do mês de maio. As mães são homenageadas sempre com muitas poesias, geralmente singelas, como esta, de autoria de Mariyka Pidhiryanka [Марійка Підгірянка], declamadas por crianças em festas que reúnem toda a família. Aqui estão apenas alguns versos do poema que também é conhecido por Minha Mamãe [Моя мама] ou ainda Sonho [Сон].

 

Mamãe Мама
Sonhei com sol reluzente, Снилось мені ясне сонце,
iluminando meu lar – що в хаті світило –
era minha mãezinha а то лиш так моя мама
sorrindo alegremente. дивилася мило.
Sonhei com frutinha, Снилась мені ягідочка,
como o mel, docinha – як мед солоденька –
me beijava a minha а то мене цілувала
querida mãezinha. мама дорогенька.
Sonhei com anjos, Снились мені ангелики,
para o paraíso me levando – що в рай мене несли –
eram as mãos а то мене мами ручки
da mãe me levantando. до серця притисли.

 

Fonte do poema original: http://mala.storinka.org

 

In: http://www.stdemetriusuoc.ca/news_140510_1.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *