A maior pêssanka do mundo

Fica na cidade ucraniana de Kolomeya e abriga o Museu da Pêssanka com mais de 12.000 peças. Conheça mais.

 

Originária de tempos imemoriais, a pêssanka é presença importante na cultura ucraniana. E não só na época da Páscoa. É um verdadeiro símbolo da vida, do bem e da esperança e é também uma referência da rica cultura nacional. Tanto que existe esse museu dedicado exclusivamente à pêssanka (ou pysanka).

 

Por Olga Samila

Fotos: arquivo pessoal

 

 

Clique para ampliar

 

A pêssanka tem raízes pré-cristãs. Era feita em homenagem à chegada da primavera após o longo inverno, representando o renascimento da natureza, a chegada do sol e das flores, o tempo de plantar, refletindo, em seus símbolos, a imaginação dos povos antigos sobre o mundo. Com o advento do cristianismo, a pêssanka passou a simbolizar a ressurreição de Cristo (e a Páscoa, que acontece no início da primavera no hemisfério norte), absorvendo a riqueza das composições e a singularidade da gama de cores, ao mesmo tempo em que passou a agregar outros novos símbolos, desempenhando, dessa forma, importante papel nas tradições religiosas ucranianas. Como muitos outros costumes religiosos, a tradição foi banida nos tempos soviéticos de ateísmo imposto pelo Estado sendo que muitas coleções de museus e de igrejas foram destruídas. No entanto, a tradição e o costume foram levados junto com os imigrantes para os países que os acolheram. Recentemente, na Ucrânia, muitos buscam contato com esses imigrantes e seus descendentes, no intuito de preservar os desenhos tradicionais.

 

Clique para ampliar

 

Reflexo dessa importância, foi criado o Museu da Pêssanka na cidade de Kolomeya, na oblast (estado ou província) de Ivano-Frankivsk. Em 1987, era apenas um departamento do Museu de Arte Popular da região de Hutsul. A idéia de um museu especial surgiu com a tecnologia: o principal guardião da coleção, Lubomyr Krechkovskyi e sua colega Maria Bolezdiuk desenvolveram uma técnica de conservação e restauração das pêssankas. No início, funcionava na pequena igreja de madeira da Santa Anunciação (construída em 1587). No final da década de 1980, a igreja foi devolvida à comunidade religiosa local e o museu foi transferido para outro local.

 

Clique para ampliar

 

 

 

Inaugurado em 23 de setembro de 2000, o projeto do Museu foi assinado pelo arquiteto Igor Shuman e tem a parte central em forma de pêssanka. A ideia foi da diretora Yaroslava Tkachuk e os artistas locais Vasyl Andrushko e Myroslav Yasinskyi executaram a obra com 14 m de altura e 10 m de diâmetro, com pinturas que remetem às de uma pêssanka. Símbolo da cidade e um dos cartões postais da Ucrânia, o Museu foi reconhecido como marco da moderna Ucrânia em 2007. A obra é considerada como a maior pêssanka do mundo, seguida de perto pela pêssanka de Vegreville, na província canadense de Alberta (escultura de Paul Maxum Sembaliuk, com 9 m de comprimento).

 

Clique para ampliar

 

 

Atualmente, o Museu possui uma coleção com mais de doze mil pêssankas, a maioria vinda de cidades e aldeias de toda a Ucrânia. A coleção abrange pêssankas antigas, algumas com mais de cem anos, pêssankas com motivos tradicionais e típicos das diversas regiões da Ucrânia, além das recriações modernas e releituras de desenhos ancestrais. Aqui também podem ser apreciadas as pêssankas vindas de países distantes, como Canadá, França, Estados Unidos, ovos de culturas distintas como os provenientes da Índia e da China, e também os ovos decorados de países eslavos como Belarus, Polônia e outros. As atividades do Museu incluem exposições temporárias voltadas tanto às tradições pêssankas como a outras artes folclóricas. Sem contar com a possibilidade de participar de uma oficina e fazer a sua própria pêssanka ou de comprar uma pêssanka original para ter em casa ou presentear.  

 

                  

 

O Museu está situado no centro da cidade de Kolomeya, funciona das 10 às 18 horas e fecha às segundas-feiras. Mais informações podem ser obtidas no site http://hutsul.museum/eng/about/structure/pysanka/

Aproveite para rever outras matérias sobre as pêssankas, já publicadas aqui:

 

 

 

 

 

 

 

Fontes:

https://ukrainian-recipes.com/pysanky-26-ukrainian-easter-eggs-from-different-regions-of-ukraine.html

http://euromaidanpress.com/2017/04/10/how-to-make-your-own-ukrainian-pysanka-easter-egg/

https://www.facebook.com/groups/366495050129434/permalink/2047959691982953/

https://en.wikipedia.org/wiki/Pysanka_Museum

https://www.atlasobscura.com/places/pysanka-museum

https://ukraine-kiev-tour.com/ukraine_kolomyia_sights_pysanka_museum.html

http://www.lvivtoday.com.ua/exploring-lviv/3677

https://discover-ukraine.info/places/western-ukraine/ivano-frankivsk/1089

http://ukrainetrek.com/blog/art/the-museum-of-pysanka-easter-egg-in-kolomiya/

https://en.wikipedia.org/wiki/Vegreville_egg

 

Deixe uma resposta