Rugem as cascatas

O poema Б’ють пороги, de Taras Shevchenko, conhecido em toda a Ucrânia, é uma obra-prima de poesia e música. Pura sensibilidade! 

 

Muito conhecido em toda a Ucrânia, o poema Rugem as cascatas [Б’ють пороги] (B’yutʹ porohy), de Taras Shevchenko [Тарас Шевченко] é apreciado especialmente em outros países, entre os ucranianos e descendentes de ucranianos. Esta é uma das minhas 12 músicas ucranianas favoritas. 

 

Б’ють пороги Rugem as cascatas
Б’ють пороги, місяць сходить, Rugem as cascatas, nasce a lua,
Як і перше сходив… Como sempre nasceu…
Нема Січі, пропав і той, Sitch (1) desapareceu
Хто всім верховодив! E o líder também!
Нема Січі, очерети Não há mais Sitch?
У Дніпра питають: Os juncos perguntam ao Dnipró:
“Де то діти наші ділись, | “Onde estão os nossos filhos, |
Де вони гуляють?” | (2) Onde eles andam?”| (2)
(*)
Не вернуться запорожці, Não voltarão os cossacos (zaporozhians) 
Не встануть гетьмани, Não se levantarão os hetmans (comandantes militares)
Не покриють Україну Não cobrirão a Ucrânia 
Червоні жупани! Os jupany (2) (casacos) vermelhos
Тілько ворог, що сміється… Somente o inimigo está rindo…
Смійся, лютий враже! Ria, cruel inimigo!
Та не дуже, бо все гине,  Mas não muito, tudo está desaparecendo, 
Слава не поляже:  Porém a glória não sumirá:
Не поляже, а розкаже, Não sumirá, mas contará,
Що діялось в світі, O que acontecia no mundo,
Чия правда, чия кривда De quem é verdade, de quem a injúria
І чиї ми діти. E de quem nós somos filhos. 
Наша дума, наша пісня Nossa balada, nossa canção
Не вмре, не загине… Não morrerá, não perecerá…
Отде, люди, наша слава, | Glória ao nosso povo, |
Слава України! | (2) Glória à Ucrânia! | (2)

Fonte: https://www.pisni.org.ua/songs/837603.html

 

Veja e ouça: https://www.youtube.com/watch?v=3QqYakvmp3k

 

Letra: Taras Shevtchenko [Тарас Шевченко]

Música: Eduard Dratch [Едуард Драч]

Quem canta: Vasyl Jdankin [Василь Жданкін] e Eduard Dratch [Едуард Драч] no álbum “O céu da Ucrânia” [“Небо України”]

 

Imagem in: https://www.pisni.org.ua/persons/40.html

 

 

Imagem in: https://www.pisni.org.ua/persons/40.html

 

  1. Sitch [Січі, Січ] é uma fortaleza construída na ilha de Khortytsya [Хортиця] do Rio Dnipró, que foi sede dos cossacos zaporozhians, organização que reunia todos os homens que lutavam pela liberdade da Ucrânia.
  2. Jupany (plural; jupan, singular) [жупани; жупан]. Indumentária usada nos séc. XVI-XVII, é um tipo de casaco. Geralmente eram peças de cores vivas sendo que a cor vermelha era a mais usada, especialmente pelos cidadãos mais abastados. Fonte: História do Vestuário Ucraniano [Історія українського костюма]. Tamara Nikolaieva [Тамара Ніколаєва]. Kyiv [Київ], “Lybed” [“Либідь”], 1996.

 

Tradução: Ludmila Szymankskyj

 

(*) Na interpretação escolhida para esse poema, essa estrofe foi omitida. Fica o registro. 

 

Обідрана, сиротою A órfã maltrapilha
Понад Дніпром плаче; Chora ao lado do Dnipró;
Тяжко-важко сиротині, É pesado para a órfã,
А ніхто не бачить… Porém ninguém a vê…

Imagem principal in: https://nbnews.com.ua/obshchestvo/2019/03/09/zhiteli-lvova-postavili-novyi-rekord-v-den-rozhdeniya-tarasa-shevchenko/

 

Deixe uma resposta